Como Usar Bem as Pernas Durante o Nado

  • como usar bem as pernas natação

A gente já falou aqui em muitos textos sobre como a natação é esporte completo. Isso porque movimenta todos os músculos. Mas, às vezes, alguns vícios acabam dificultando que se obtenha o máximo possível desse fantástico esporte. Usar bem as pernas durante o nado e ter boa pernada é condição para que a prática resulte em muito mais benefício. Veja aqui algumas dicas.

Uma boa pernada é elemento de boa natação

Uma boa pernada é elemento de boa natação

Uma boa pernada no nado do atleta profissional proporciona maior deslize e consequente ganho de tempo; já para o atleta por hobbie, boa pernada significa uso adequado dos músculos e consequente melhoria nos resultados buscados.

É por isso que um bom trabalho na técnica de chute é importante. Afinal e obviamente, no ambiente aquático, todo o corpo precisa estar em movimento. Quanto mais técnica você tiver, maior rendimento vai obter, seja em busca de pódio ou em busca de condicionamento físico.

Mas o que Significa Pernada Eficaz

Cada nadador desenvolve trabalho pessoal em relação ao próprio corpo na água. Mas há algumas técnicas já identificadas em estudos e experiência de grandes técnicos.

A perna é usada na natação tanto para impulsionar o corpo no momento da rotação ao atingir o fim da piscina quanto para manter o corpo na posição horizontal ideal, além de servir de pé de pato durante alguns tipos de nados.

Enfim, uma pernada eficiente é feita:

  • … para auxiliar a rotação do corpo e não dificultar
  • … com as pernas jogadas para cima a fim de criar boa posição corporal
  • … com o mínimo esforço para economia de energia
  • … com baixo arrasto, ou seja, menor atrito com água e suas ondulações

Mas não se critique. A maioria dos atletas não tem técnica de chute, ou seja, de pernada eficaz.

Elementos Chave da Boa Pernada

Jonas Pietro de Souza, leitor e amigo da Medinas e também técnico de natação em S. José dos Campos – SP, instrui sobre quatro situações importantes para desenvolvimento de boa técnica de pernada.

Pernada de Quadril

Muitos nadadores dobram os joelhos de forma acentuada, levando-os até muito próximos dos quadris. Isso cria grande área de arrasto e certamente exige energia demais para empurrar a água para trás. É possível que as pernas se afundem com o movimento.

Use mais o próprio quadril no momento de chutar. Dobre menos os joelhos e consiga empurrar a água forçando o quadril junto com as pernas. O arrasto vai ser menor e o resultado vai ser muito mais prático.

 Sincronia entre Mãos e Pernas

Nos nados crowl e costas, a perna é usada para manter a horizontalidade do corpo. Mas isso não tira a importância de se ter boa pernada para conseguir eficiência nos movimentos.

A percepção do momento ideal da pernada pode significar alguns milésimos de segundo no tempo total do atleta profissional ou mesmo adequação muscular e de energia para o atleta não profissional.

Quando uma das mãos começar a entrar na água, a perna oposta deve chutar a água no mínimo duas vezes. Se seu tempo estiver incorreto, vai ter dificuldade para produzir movimentos adequados e seu corpo pode perder horizontalidade.

Pernada de Tesoura

Material adequado evita pernada de tesoura

Material adequado evita pernada de tesoura

O movimento em que o nadador abre muito as pernas, distanciando um joelho do outro ao máximo, é chamado pontapé de tesoura.

O uso dessa técnica não é aconselhável. Apesar de parecer eficaz por causa da sensação de abrangência – mais água, mais força -, na verdade esse movimento pode criar problemas físicos em alguns ligamentos e nos quadris ao longo dos anos.

Uma curiosidade interessante é que o chute de tesoura é reação natural do cérebro quando o corpo está envolvido na água. Por ser animal mamífero terrestre, o homem movimenta braços e pernas em sincronia a fim de manter o equilíbrio vertical do corpo.

Quando na água, o cérebro buscar reagir da mesma maneira. Entretanto, esses movimentos não são saudáveis.

Erros comuns na Pernada

Existem alguns erros comuns no batimento de pernas que diminuem sua eficiência e, portanto, devem ser evitados.

  • Qualquer Nadadeira Serve

Já tivemos chance de falar aqui sobre como é importante escolher a nadadeira ideal para cada tipo de exercício e cada tipo de nado.

Nadadeiras muito largas exigem maior força muscular; as muito estreitas exigem mais rapidez nos movimentos.

Verifique a que melhor se adapta a suas expectativas.

  • O Importante É Braçadas Fortes

É claro que, quanto mais fortes dos músculos dos braços, mais força você terá ao empurrar a água para trás. Entretanto, o trabalho das pernas é de suma importância para manter o corpo na posição horizontal.

Quanto mais horizontal estiver o corpo, menos resistência na água ele vai sofrer.

  • Pés Grandes, Pernadas mais Fortes

O tamanho dos pés é importante para se obter pernada eficaz, pois a área da massa de água que oferece resistência no movimento de empurrar é maior.

Mas é perfeitamente possível desenvolver técnica para pés menores com o mesmo índice de eficiência de pés grandes. A percepção do nadador neste caso é elemento chave.

Como sempre, o Blog Medinas traz dicas e informações para que você obtenha o maior proveito possível de seu esporte favorito. E também para adquirir o material ideal e adequado. Consulte sempre a área de e-commerce da Medinas.

Seja você atleta profissional, amador ou por entretenimento, só tem a ganhar com a Medinas.

Boas braçadas! E pernadas também.

 

2 Comentários

  • Prancha de Natação: 03 maneiras de usar bem 2 de dezembro de 2016 (10:38)

    […] nosso texto sobre técnicas de pernada, falamos sobre detalhes de uso dos membros inferiores para que o nado seja mais eficiente. Aqui, […]

  • comment-avatar
    Claudio 25 de março de 2019 (14:44)

    Gostei muito da orientação do momento da pernada. Que diz que a pernada é no momento da entrada do braço oposto.